Pretérito imperfecto de subjuntivo


imperfecto de subjuntivo
Se fosse...não seria

O Pretérito imperfecto de subjuntivo é formado a partir da terceira pessoa do plural do pretérito indefinido acrescido das seguintes terminações:

Formação 01

cant-ar
com-er
viv-ir
Yo
cant-ARA
com-IERA
viv-IERA
cant-ARAS
com-IERAS
viv-IERAS
Él, ella, usted
cant-ARA
com-IERA
viv-IERA
Nosotros / as
cant-ÁRAMOS
com-IÉRAMOS
viv-IÉRAMOS
Vosotros / as
cant-ARAIS
com-IERAIS
viv-IERAIS
Ellos, ellas, ustedes
cant-ARAN
com-IERAN
viv-IERAN

Formação 02

Existe uma outra forma de conjugação do Pretérito Imperfecto de Subjuntivo. Neste caso, basta substituir o -RA por -SE. É muito pouco usado no espanhol atual, mas é importante estudar para reconhecê-la quando necessário. Ademais, é a forma mais parecida com a portuguesa.

No espanhol falado no continente americano há uma preferência pela forma -RA (cantara), mas -SE (cantase) também é registrado com frequência na língua escrita. No espanhol "europeu" a alternância hoje é praticamente livre.

cant-ar
com-er
viv-ir
Yo
cant-ASE
com-IESE
viv-IESE
cant-ASES
com-IESES
viv-IESES
Él, ella, usted
cant-ASE
com-IESE
viv-IESE
Nosotros / as
cant-ÁSEMOS
com-IÉSEMOS
viv-IÉSEMOS
Vosotros / as
cant-ASEIS
com-IESEAIS
viv-IESEIS
Ellos, ellas, ustedes
cant-ASEN
com-IESEN
viv-IESEN

Notas sobre as formações

  1. Apesar de, em espanhol, a forma mais usada ser a com -RA, em português, ela é traduzida por -SSE.
    Español
    Português
    cant-ar
    cant-ar
    cant-ara
    cant-asse
  2. A primeira formação do Pretérito Imperfecto de Subjuntivo com -RA é passível de confusão com o pretérito-mais-que-perfeito do indicativo da língua portuguesa. Não cometam este pecado, até porque o "pretérito-mais-que-perfeito espanhol" (pretérito pluscuamperfecto) é composto.
    Pretérito Imperfecto de Subjuntivo Pretérito imperfeito do Subjuntivo
    cant-ar cant-ar
    cant-ara cant-asse
    Pretérito pluscuamperfecto de indicativo Pretérito-mais-que-perfeito do indicativo
    cant-ar cant-ar
    había cantado cant-ara
  3. A forma com -SE é a mais parecida com a portuguesa -SSE, mas é a menos usada não servindo, portanto, como salvação para nossas preces em aprender da forma mais fácil.
    Español
    Português
    cant-ar
    cant-ar
    cant-ara
    cant-asse
    canta-ase canta-asse

Os verbos irregulares no Pretérito Imperfecto de Subjuntivo

  • Verbos com irregularidade comum (Verbos con irregularidad común)

Nos verbos terminados em -DUCIR, substituímos o C por J e suprimimos o I das desinências regulares.

Exemplo:

  • CONDUCIR: condujera, condujeras, condujera, condujéramos, condujerais, condujeran. (DIRIGIR: dirigisse, dirigisses, dirigisse, dirigíssemos, dirigísseis, dirigissem.)
  • CONDUCIR: condujese, condujeses, condujese, condujésemos, condujeseis, condujesen. (DIRIGIR: dirigisse, dirigisses, dirigisse, dirigíssemos, dirigísseis, dirigissem.)

Nos verbos terminados em -AÑER, -AÑIR, -IÑIR, -UÑIR, -ELLER e -ULLIR, suprimimos o I das desinências regulares.

Exemplos:

  • TAÑER (tanger): tañera, tañeras, tañera, tañéramos, tañerais, tañeran. / tañese, tañeses, tañese, tañésemos, tañeseis, tañesen.
  • MULLIR (afofar): mullera, mulleras, mullera, mulléramos, mullerais, mulleran. / mullese, mulleses, mullese, mullésemos, mulleseis, mullesen.

No verbo SERVIR e em todos os terminados em -EBIR, -EDIR (exceções: AGREDIR e TRANSGREDIR), -EGIR, -EGUIR, -EMIR, -ENCHIR, -ENDIR, -ESTIR e -ETIR, trocamos o E do radical por I quando a desinência começar por A ou tenha um ditongo.

Exemplos:

  • SERVIR (servir): sirviera, sirvieras, sirviera, sirviéramos, sirvierais, sirvieran. / sirviese, sirvieses, sirviese, sirviésemos, sirvieseis, sirviesen.
  • PEDIR (pedir): pidiera, pidieras, pidiera, pidiéramos, pidierais, pidieran. / pidiese, pidieses, pidiese, pidiésemos, pidieseis, pidiesen.

Nos verbos terminados em -EÍR e -EÑIR, suprimimos o I das desinências regulares.

Exemplos:

  • REÍR (rir): riera, rieras, riera, riéramos, rierais, rieran. / riese, rieses, riese, riésemos, rieseis, riesen.
  • CEÑIR (cingir): ciñera, ciñeras, ciñera, ciñéramos, ciñerais, ciñeran. / ciñese, ciñeses, ciñese, ciñésemos, ciñeseis, ciñesen.

No verbo HERVIR (ferver) e em todos termindados em -ENTIR, -ERIR e -ERTIR, trocamos o E do radical por I quando a desinência começar por A ou tenha um ditongo.

Exemplo:

  • SENTIR: sintiera, sintieras, sintiera, sintramos, sintierais, sintieran. / sintiese, sintieses, sintiese, sintsemos, sintieseis, sintiesen.

Nos verbos terminados em -UIR, substituímos o I depois do U do radical por Y antes das vogais A, E e O.

Exemplo:

  • HUIR (fugir): huyera, huyeras, huyera, huyéramos, huyerais, huyeran. / huyese, huyeses, huyese, huyésemos, huyeseis, huyesen.

Nos verbos DORMIR (dormir) e MORIR (morrer), trocamos o O do radical por U quando a desinência começar por A ou tenha um ditongo.

Exemplos:

  • DORMIR: durmiera, durmieras, durmiera, durmiéramos, durmierais, durmieran. / durmiese, durmieses, durmiese, durmiésemos, durmieseis, durmiesen.
  • MORIR: muriera, murieras, muriera, muriéramos, murierais, murieran. / durmiese, durmieses, durmiese, durmiésemos, durmieseis, durmiesen

  • Verbos completamente irregulares (Verbos con irregularidad propia)

  1. ANDAR: anduviera, anduvieras, anduviera, anduviéramos, anduvierais, anduvieran . / anduviese, anduvieses, anduviese, anduviésemos, anduvieseis, anduviesen.
  2. ASIR (poetico: segurar): asiera, asieras, asiera, asiéramos, asierais, asieran. / asiese, asieses, asiese, asiésemos, asieseis, asiesen.
  3. CABER: cupiera, cupieras, cupiera, cupiéramos, cupierais, cupieran. / cupiese, cupieses, cupiese, cupiésemos, cupieseis, cupiesen.
  4. CAER (cair): cayera, cayeras, cayera, cayéramos, cayerais, cayeran / cayese, cayeses, cayese, cayésemos, cayeseis, cayesen.
  5. DAR: diera, dieras, diera, diéramos, dierais, dieran. / diese, dieses, diese, diésemos, dieseis, diesen.
  6. DECIR (dizer): dijera, dijeras, dijera, dijéramos, dijerais, dijeran. / dijese, dijeses, dijese, dijésemos, dijeseis, dijesen.
  7. ERGUIR (erguer): irguiera, irguieras, irguiera, irguiéramos, irguierais, irguieran. / irguiese, irguieses, irguiese, irguiésemos, irguieseis, irguiesen.
  8. ESTAR: estuviera, estuvieras, estuviera, estuviéramos, estuvierais, estuvieran / estuviese, estuvieses, estuviese, estuviésemos, estuvieseis, estuviesen.
  9. HACER (fazer): hiciera, hicieras, hiciera, hiciéramos, hicierais, hicieran / hiciese, hicieses, hiciese, hiciésemos, hicieseis, hiciesen.
  10. IR / SER: fuera, fueras, fuera, fuéramos, fuerais, fueran / fuese, fueses, fuese, fuésemos, fueseis, fuesen.
  11. OÍR (ouvir): oyera, oyeras, oyera, oyéramos, oyerais, oyeran / oyese, oyeses, oyese, oyésemos, oyeseis, oyesen.
  12. PLACER (comprazer): pluguiera / placiera, pluguieras / placieras, pluguiera / placiera, pluguiéramos / placiéramos, pluguierais / placierais, pluguieran / placieran. - pluguiese / placiese, pluguieses / placieses, pluguiese / placiese, pluguiésemos / placiésemos, pluguieseis / placieseis, pluguiesen / placiesen.
  13. PODER: pudiera, pudieras, pudiera, pudiéramos, pudierais, pudieran. / pudiese, pudiese, pudieses, pudiese, pudiésemos, pudieseis, pudiesen.
  14. PONER (pôr): pusiera, pusieras, pusiera, pusiéramos, pusierais, pusieran. / pusiese, pusieses, pusiese, pusiésemos, pusieseis, pusiesen.
  15. QUERER: quisiera, quisieras, quisiera, quisiéramos, quisierais, quisieran. / quisiese, quisieses, quisiese, quisiésemos, quisieseis, quisiesen.
  16. SABER: supiera, supieras, supiera, supiéramos, supierais, supieran. / supiese, supieses, supiese, supiésemos, supieseis, supiesen.
  17. TENER (ter): tuviera, tuvieras, tuviera, tuviéramos, tuvierais, tuvieran. / tuviese, tuvieses, tuviese, tuviésemos, tuvieseis, tuviesen.
  18. TRAER (trazer): trajera, trajeras, trajera, trajéramos, trajerais, trajeran. / trajese, trajeses, trajese, trajésemos, trajeseis, trajesen.
  19. VENIR (vir): viniera, vinieras, viniera, viniéramos, vinierais, vinieran. / viniese, vinieses, viniese, viniésemos, vinieseis, viniesen.
  20. VER: viera, vieras, viera, viéramos, vierais, vieran / viese, vieses, viese, viésemos, vieseis, viesen.

Uso del Pretérito Imperfecto de Subjuntivo

Usamos o Pretérito Imperfecto de Subjuntivo nas seguintes situações:

  1. Quando o verbo da oración principal está no passado ou no futuro do pretérito (condicional simple), a oração subordinada exige el Pretérito Imperfecto de Subjuntivo.

    • Me gustaría que todo el mundo supiera la gran persona que es mi profesor. (Gostaria que todo mundo soubesse a grande pessoas que é meu professor.)
    • El tribunal ordenó que otros ocho quedaran en libertad. (O tribunal ordenou que os outros oito ficassem em liberdade.)
    • Y muchas sociedades primitivas no permitían que las mujeres se quejasen durante el parto, para no meter miedo a otras a quedarse embarazadas. (E muitas sociedades primitivas não permitiam que as mulheres se queixassem durante o parto, para não pôr medo a outras que a ficarem grávidas.)
    • O tal vez les habían prohibido que lo hicieran. (Ou talvez proíbiram-lhes que fizessem isso.)

    No primeiro exemplo, (me gustaría. que...) o verbo da oração principal está no futuro do pretérito (condicional simple); na segunda, (...ordenó que...) no pretérito indefinido); na terceira (...no permitían que...) no pretérito imperfecto de indicativo e na última (...les habían prohibido que...) no pluscuamperfecto (equivalente ao pretérito mais-que-perfeito do português).

  2. Para expressar dúvidas em relação ao passado.

    • "De verdad no sabía que tuviera éxito fuera de España" (Sinceramente, não sabia que tivesse sucesso fora da Espanha")
    • Saramago estaba convencido de que no iría al cielo porque no creía que existiera, como tampoco creía en Dios. (Saramago estava convencido que não iria para o céu poruqe não acreditava que existisse como tampouco cria em Deus.)
    • Me buscaba (con intenciones sexuales) cada tres días, cada ocho días, pero no pensaba que eso fuera un crimen. (Procurava-me (com intenções sexuais) de três em três dias, a cada oito dias, mas não pensava que isso fosse um crime.)

  3. Para expressar desejos pouco prováveis ou impossíveis de realizá-los usando Si (se).

    • ¿Cuál sería su primera medida si fuera presidente? (Qual seria sua primeira medida se fosse presidente?)
    • "Si tuviera a Ronaldo, Kaká y Messi jugaría al ataque" (Se tivesse Ronaldinho, Kaká e Messi jogaria no ataque.)
    • Si pudiera chasquear los dedos y pedir un deseo tendría un ipad ahorita mismo. (Se pudesse estalar os dedos e pedir um desejo teria um ipad agora mesmo.)

  4. Para fazer afirmações ou pedidos de forma polida, educada usando os verbos querer, poder e deber.

    • ¿Qué día querrías que fuera? (Que dia queria que fosse?)

  5. Com orações que possuam a expressão como si (como se).

    • Y eso lo celebramos como si fuera un título. (E isso celebramos como se fosse um título.)

Ojalá + Pretérito Imperfecto de Subjuntivo

Para expressar um desejo podemos realizar usamos, ¡Ojalá + presente de subjuntivo.

  • Messi no se desespera: "Ojalá los goles lleguen en octavos" (Messi não se desepera: "Tomara que os gols cheguem nas oitavas-de-final")

Quando utilizamos el Pretérito Imperfecto de Subjuntivo depois de ¡Ojalá! significa que nosso desejo vai de encontro a nossa realidade, não é realizável.

  • Ojalá tuviera todas las respuestas, pero no es así. (Oxalá, tivesse todas as respostas, mas não é assim.)
  • Ojalá pudiera decir que he olvidado el dolor. (Oxalá pudesse dizer que esqueci a dor.)
  • ¡Ojalá fuera así! (Sería bom se fosse assim!)

Postado na(s) categoria(s) ,,. Link da postagem clique aqui.

28 Comentários para

Pretérito imperfecto de subjuntivo

  1. fb.musse comenta:

    Muito obrigada,me ajudou muito!!

  2. Anônimo comenta:

    gostei muito me ajudou no meu trabalho!

  3. Anônimo comenta:

    Mucho bueno este trabajo, grácias. Adiós!

  4. Anônimo comenta:

    adorei esse blog, contém coisas muito interessantes e conteúdos completos. Estão de parabéns os criadores desse blog. Me ajudaram bastante no meu trabalho e na minha prova. Graças a vocês tirei nota máxima em espanhol. Sou apaixonada pela língua e estou pensando seriamente em fazer espanhol na faculdade. Mas, voltando ao assunto, obrigada mesmo. Só gostaria de fazer uma sugestão: organizar mais, fazer tabelas, trazer imagens para deixar a matéria mais dinãmica e até mesmo para o melhor entendimento. Obrigada!

  5. Anônimo comenta:

    prova amanhã de espanhol..
    torçam por mim! :x

  6. Anônimo comenta:

    PÉSSIMO BLOG. TOMARA QUE QUEM FEZ ISSO QUEIME NO INFERNO.

  7. Anônimo comenta:

    queria que tivesse algo do presento do subjuntivo obrigada

  8. Anônimo comenta:

    Muito Bom!!!!!

  9. Anônimo comenta:

    o blog deveria responder ao idiota que disse que o blog era pessimo. entao se é pessimo poq entrou ? se piquee daqui IMBESSSIL
    queidos donos do blog ameei a explicação me salvo de uma horrivel provA

  10. Anônimo comenta:

    Eu não achei o que queria, acho que vcs deveriam ser mais específicos.
    Obrigada.

  11. Anônimo comenta:

    Adorei o blog, pois encontrei justamente o que eu queria.
    Torçam por mim para a prova oral de espsnhol

  12. Anônimo comenta:

    Me ajudou muito pra minha prova de espanhol

  13. Anônimo comenta:

    gostei. tirou minhas duvidas.

  14. Anônimo comenta:

    nos ajudou muitissimo e ao idiota q nao gostou,será que faria melhor???babaca !!

  15. Anônimo comenta:

    Gostei muito parabéns. Amanha vou ter prova e preciso tirar 7 para n ficar de recuperação a matéria vai ser isso, me ajudou muito, tomara q eu consiga.

  16. Anônimo comenta:

    Isto está errado: com-IESEAIS
    é COMIÉSEIS
    Carol. Espanhola nativa ;)

  17. Anônimo comenta:

    amei, ajudou muito :)

  18. Anônimo comenta:

    Gostei muito das explicações e dos conteúdos fornecidos. Desde já agradeço a todos. E amanhã prova de espanhol.

  19. Anônimo comenta:

    Muito obrigada, tenho uma prova oral amanha e vcs conseguiram me explicar todo o conteúdo!
    Ps: Bem melhor que a professora... Hahahaha

  20. Anônimo comenta:

    aaaah muito obrigada!! estava desesperada sem entender o conteúdo para a prova. Estava quase chorando ate q tive a ideia de pegar o pc! obrigada mesmooo!

  21. Anônimo comenta:

    o sante ele deveria melhorar... pois eu não achei o que eu queria

  22. Anônimo comenta:

    ótimo para entender os gritos de orgasmo das argentinas.

  23. Prova daqui a meia hora, ajudou muito a entender melhor o assunto! Valeu!

  24. Anônimo comenta:

    Muito bom. Ajudou muito. Grata.

  25. Anônimo comenta:

    Nossa adorei o blog estava com duvidas na hora de conjugar agora ñ estou mais adorei

Deixe um comentário

Guia Prático de Espanhol (Maurício Silva) / CC BY-NC 3.0
.
El contenido de este blog dedicado al idioma español remite a diversas fuentes. Si le apetece retirar cualquier cosa que le pertenezca no dude en hacérmelo saber.