Uso del artículo neutro lo


lo

O artigo neutro lo, inexistente na língua portuguesa, é usado na língua espanhola antes de adjetivos, advérbios ou partícipios (nunca antes de substantivos).

Cuidado que, em relação a um verbo, lo é um pronome oblíquo objetivo direto da terceira pessoa do singular masculino.

Resumindo, lo pode ser traduzido por o e desempenha os papéis de artigo e de pronome.

  • La dictadura de lo bello. (artigo neutro: bello - adjetivo)
  • Si te hace falta algo, dímelo. (pronome: dí - verbo)

Quando vem antes ou depois de um verbo vai desempenhar o papel de pronome. Assim se quiser substantivar um infinitivo, usamos o artigo definido el.

  • El dormir por un tiempo corto durante el día puede mejorar tu ánimo.

Só vai ser artigo se vier antes de um partícipio:

  • Lo decidido = o que foi decidido. (artigo neutro)
  • Lo pensado = o pensado. (artigo neutro)
  • Lo ocurrido = o ocorrido (artigo neutro)

O artigo neutro lo, em espanhol, é usado antes de adjetivo masculino no singular transformando-o em um substantivo abstrato:

  • lo grande = la grandeza. (o grande)
  • lo bello = la belleza. (o belo)
  • lo salado = la cosa salada. (o salgado.)
  • lo dulce = la cosa dulce. (o doce)
  • lo frío = la cosa fría. (o frio)
  • lo caliente = la cosa caliente. ( o quente)
  • lo crocante = la cosa crocante. (o crocante.)

Neste sentido, é usado também com advérbios e particípios (exceto os de verbos intransitivos ou os que exigem regência preposicional):

  • Mal acaba lo mal empieza.
  • Lo mejor de los concursos gastronómicos es lo bien que te lo pasas.
  • El Sistema Solar se originó 2 millones de años antes de lo pensado.

O artigo neutro também pode intensificar os adjetivos e os advérbios. Neste sentido, pode ser traduzido por quão, o quanto.

  • ¡Tienes que ver lo bonito que está! (Tem que ver o quanto ele está bonito!)

Neste caso, quando o lo é usado enfaticamente e o adjetivo ou o advérbio concorda com o substantivo. Esta estrutura é fácil de ser reconhecida pois é constituída por artigo neutro + adjetivo / advérbio + que + oração.

  • Perdí un caucho por lo mala que estaba la carretera (Perdi um pneu pela péssima condição que estava a estrada).
  • Sabemos lo difíciles que son las eliminatorias a doble partido (Sabemos o quanto são dificeis as eliminatórias em partidas de ida e volta).

Podemos usar o lo com los pronombres posesivos. Nesta situação, expressa uma ideia ou conceito particular, isto é, o que diz respeito a alguém ou como intensificador no sentido de mucho (muito).

  • Lo mío es el fútbol. (Meu negócio é o futebol.) (Futebol, eu sei muito.)
  • Lo nuestro se terminó este verano. No podíamos seguir juntos. (Nosso caso terminou neste verão. Não podíamos seguir juntos.)
  • No veo solución a lo vuestro. (Não vejo solução para vosso caso)

Lo é usado antes de numerais ordinais lo primero, lo segundo, lo tercero (quando estes não vem acompanhado de substantivo) e serve como marcador para ordenar as informações que são introduzidas. Pode ser substituído por en primer lugar,en segundo lugar, en tercer lugar, etc.

  • Lo primero que hizo el Hombre en la Luna fue tirar basura. (A primeira coisa que o homem fez na Lua foi jogar lixo).

Lo ainda é usado com a preposição de:

  • Sobre lo de Maradona, eso es una cuestión doméstica. (Sobre o [caso] de Maradona, isso é uma questão doméstica.)
  • Lo de hoy sólo ha sido una necesaria corrección. (O [ocorrido] de hoje foi uma correção necessária.)
  • Lo de fuera no es mejor que lo de casa. (O de fora não é melhor que o de casa.)

Neste caso, faz-se necessário um contexto para entender o enunciado. Contudo, o lo de pode ser traduzido por o caso de, o problema de, o assunto de.

  • Lo de menos = o de menos..
  • Lo de siempre = o de sempre.

No Chile e em algumas regiões da América Latina, o lo de + nome de pessoa indica o nome de um lugar (um topônimo, uma bar, um restaurante ou qualquer estabelecimento comercial)

  • Lo de Irene (O bar de Irene)
  • Lo de Nostra (Nome de uma localidade)
  • Lo de Sistra (O restaurande de Sistra)

Quando é um topônimo, costuma-se usar só o lo:

  • Lo Herrera
  • Lo Abarca
  • Lo Bravo
  • Lo Miranda

Lo + que: é usado em orações subordinadas referentes a seres inanimados e não ocorre quando é antecedido por um nome ou grupo nominal. O lo que ainda retoma um enunciado inteiro exposto anteriormente no texto.

  • 'Sé lo que hicisteis' (Sei o que fizestes)
  • "Haga lo que tenga que hacer" (Faça o que tem que fazer.)
  • Bebe agua o lo que sea. (Beba água ou o que seja.)

Outros usos de LO

O lo também reforça alguns intensificadores de grau: lo + ...ísimo; lo + muy; lo + más.

  • Esto es lo gravísimo para el país. (reforça o gravísimo)
  • Mira a lo muy alto ya lo muy profundo. (reforça o muy)
  • Lo más importante es mantener la unidad. (reforça o más)

Lo é usado em: lo dicho, lo cual, lo propio, lo mismo. Geralmente acompanhados do verbo hacer.

  • Aunque, dicho lo dicho, queden todavía más preguntas en la redoma.
  • Lo cual no es ninguna tontería.
  • Argentina hizo lo propio ante Angola y lo derrotó 91 - 70.
  • Ahora EE.UU hará lo mismo.

Em expressões idiomáticas como:

  • Lo antes posible = O mais rápido possível
  • Lo más pronto posible = O mais rápido possível
  • Lo más cerca posible = O mais próximo possível
  • Lo más lejos posible = O mais longe possível
  • Lo más temprano posible = O mais cedo possível
  • A lo sumo = no máximo
  • De lo/el contrario = Do contrário
  • Por lo menos = Pelo menos
  • A lo mejor = Talvez
  • Por lo pronto = por enquanto
  • En todo lo alto = com toda a pompa, etc.

Em algumas locuções adverbais (locuciones adverbiales): clique aqui e saiba mais.

Lo mejor vs. El mejor

  • Ser mamá es lo mejor del mundo = Ser mamá es eso. (qualidade) [é o que há de melhor]
  • Me encanta España, la gente es lo mejor del país. La gente es eso. [é o que há de melhor]

Usa-se lo mejor como atributo, isto é, como um qualificativo que se acrescenta ao significado de um substantivo, sem alterá-lo basicamente.

Contudo, não é usado quando é sujeito de um verbo que subentende-se que refere-se ao nome de uma pessoa:

  • Messi es el mejor jugador que hay en todo el mundo (artigo + adjetivo + substantivo)
  • El mejor del mundo, siempre aliado con Tévez, participó siempre vertical, para sacarse la espina del Mundial. (Messi - sujeito)

Captaram a mensagem? Mejor quando não vem acompanhado de substantivo é usado com lo indicando qualidade; quando vem exercendo papel de sujeito e referindo-se a uma pessoa usamos com el.

Compare:

  • "España es el mejor del mundo" (Elipsis - España es el mejor equipo del mundo)
  • "España es la mejor del mundo" (Elipsis - España es la mejor selección del mundo)
  • "España es lo mejor del mundo" (Atributo - Espanha é o que há de melhor no mundo) - Um pouco modesto, não?!

Postado na(s) categoria(s) ,. Link da postagem clique aqui.

5 Comentários para

Uso del artículo neutro lo

  1. Diego Rever comenta:

    Excelente clase!! muchísimas gracias. Hay tan sólo un pequeño error (tan sólo de tipeo, supongo :) "Mal acaba lo mal empieza." debe ser "Mal acaba lo QUE mal empieza." De nuevo gracias y Feliz Navidad!

  2. Sí, coincido con el comentario de arriba, la clase está re buena. ¡Felicitaciones!

  3. Anônimo comenta:

    Quiero a todos a ir al infierno, eres un gay y lo que hice fue confuidir aún más

  4. Anônimo comenta:

    Él dijo = todo lo tuyo es mio y todo lo mio es tuyo. Meditalo

  5. Anônimo comenta:

    muito bom,very good , muy bueno.

Deixe um comentário

Guia Prático de Espanhol (Maurício Silva) / CC BY-NC 3.0
.
El contenido de este blog dedicado al idioma español remite a diversas fuentes. Si le apetece retirar cualquier cosa que le pertenezca no dude en hacérmelo saber.